Marquito acusado de roubo

O Ministério Público do Estado de São Paulo abriu investigação contra o vereador Marco Antônio Ricciardelli, o Marquito (PTB), integrante do “Programa do Ratinho”, do SBT. A suspeita do MPE é de que funcionários que trabalham no gabinete são obrigados a devolver parte dos salários para o parlamentar.

Na semana passada, dois ex-funcionários de Marquito prestaram depoimento ao promotor de Justiça Cassio Conserino e falaram que fizeram “repasses” de seus salários ao vereador.

Uma das testemunhas mostrou os holerites nos quais constam os depósitos dos valores acima do seu salário e deixou também com o promotor cópia de extratos bancários nos quais constam saques de valores altos em dinheiro feitos sempre no dia de pagamento.

Com essa investigação em andamento, Ratinho ficou em uma ‘sinuca de bico’. O apresentador resolveu manter Marquito como integrante do programa, mas vem sendo cobrado nas redes sociais, uma vez que adora cobrar no ar, em sua atração, mais honestidade dos governantes do país. Os internautas estão pressionando Ratinho, que se ateve a dizer no ar que “quem errou deve pagar por isso”.

Ratinho sempre faz discursos inflamados falando sobre corrupção e sobre a roubalheira no país. Cobra governantes no ar com questões ligadas a saúde, segurança pública, entre outras. A investigação envolvendo um integrante de seu programa não deixou o apresentador nada feliz. Pelo contrário. Ele não quer demitir Marquito, mas não sabe o que fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *