Temer ‘mexe’ no Exército

O presidente Michel Temer decidiu reduzir o número de oficiais-generais do Exército brasileiro neste próximo ano de 2018. A diminuição de sete oficiais, segundo o Governo, gerará uma economia de R$ 2,3 milhões para os cofres públicos e isso precisava ser feito, já que o Brasil vive em grave crise após ter sido vítima de corrupção desenfreada.

As Forças Armadas não gostaram dessa redução no orçamento e pressionam o governo para que haja uma recomposição. De acordo com a instituição, nos últimos anos só se tem tirado recursos e isso acaba afetando toda a estrutura da instituição.

Conforme relatos do comando das Forças, se não houver uma licitação para adquirir mais verbas, a tendência é reduzir expedientes e antecipar a baixa de recrutas.

De acordo com informações do Alto Comando do Exército, Marinha e Aeronáutica, está ocorrendo substituição do quadro de efetivos para temporários. Isso pode ocasionar um ‘risco de colapso’ no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *