Combate ao câncer começa na 2ª

Movimento mundial de atenção ao câncer de mama e colo uterino, a Campanha Outubro Rosa será aberta em Manaus na segunda-feira, 2/10, no Paço Municipal, Centro Histórico, dando início a uma extensa programação que visa fortalecer na sociedade a importância dos cuidados contra a doença. A abertura da campanha será feita pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, pela primeira-dama e madrinha da campanha, Elisabeth Valeiko, a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer no Amazonas, Marília Muniz, e pelo secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Para marcar o começo da mobilização na cidade, a organização da campanha escolheu o Paço como prédio símbolo. A estrutura terá luzes na cor rosa acesas às 18h30 durante a cerimônia. Além deste, outros prédios da cidade, como a sede da Prefeitura, na avenida Brasil, Compensa, e a sede de órgãos municipais diretamente envolvidos na campanha também serão iluminados, como a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a sede da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) e a Maternidade Moura Tapajóz.

A Ponta Negra, um dos cartões-postais da cidade, também terá pontos iluminados, como o anfiteatro e as duas rotatórias que demarcam a extensão do complexo turístico. O espaço foi escolhido por ter ampla visitação no dia a dia.

Ainda no dia 2, na área do Paço, a Campanha do Outubro Rosa terá atividades de conscientização sobre como identificar o câncer de mama e o de colo uterino, vai informar sobre as formas de tratamento, sobre a importância dos exames periódicos e sobre a rede de atendimento à mulher existente no Amazonas. As atividades serão realizadas pelos profissionais da área de saúde e pelo Movimento de Mulheres do Amazonas. O grupo Eucatur irá levar um ônibus articulado todo em rosa, onde serão desenvolvidas atividades educativas. O câncer de mama e o de colo são os de maior incidência entre as mulheres no Estado. Esta programação terá início às 17h ainda na segunda-feira, 2/10.

Ações na área de saúde com reforço na prevenção ao câncer serão desenvolvidas ao longo de todo o mês de outubro nas unidades de saúde, especialmente com foco em meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos (vacina do HPV), mulheres de 25 a 64 (preventivo) e de 50 a 69 anos (mamografia). De acordo com a madrinha da Campanha do Outubro Rosa, Elisabeth Valeiko, as campanhas de conscientização sobre o diagnóstico precoce de qualquer doença são fundamentais para o tratamento e, quando se trata de câncer, elas se tornam ainda mais fundamentais.

“Não tenho a menor dúvida de que o diagnóstico precoce é fundamental no tratamento desta doença e quanto mais informação, mais mobilização e sensibilização a respeito das formas de prevenção e tratamento melhor é para o paciente e para a família que, inevitavelmente, sofre junto. Me sinto muito feliz de ser madrinha de uma causa tão nobre e coloco o Fundo Manaus Solidária à disposição de todas as ações que venham a contribuir com a qualidade de vida das pessoas da nossa cidade”, diz a presidente do FMS.

Conforme o secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi, a Semsa realiza ações rotineiras de prevenção às doenças que afetam as mulheres, oferecendo todo o atendimento necessário como consultas, exames e acompanhamento. “O trabalho da atenção básica é voltado para a prevenção de doenças. O câncer de mama, se detectado precocemente, tem muito mais chances de cura. E é isso que fazemos em nossas unidades”, ressalta.

O encerramento das atividades do Outubro Rosa irá acontecer no dia 25/10, às 18h, com a “Caminhada das Vitoriosas”, na Ponta Negra.

Locais que irão ser iluminados em Manaus:

· Museu Paço da Liberdade
· VII Comar
· Câmara Municipal de Manaus
· 9º Distrito Naval
· Instituto Dona Lindu
· Secretaria Municipal da Mulher – Semmasdh e Subsecretaria da Semmasdh
· Fundação Alfredo da Mata
· Fundação Hemoam
· Sede da Prefeitura Municipal de Manaus
· Secretaria Municipal de Saúde – Semsa
· Maternidade Moura Tapajós
· Galeria Espírito Santo
· Galeria dos Remédios
· Ponta Negra (02 Rotatórias e Anfiteatro)
· Secretaria Municipal de Educação – Semed
· Casa Civil
· Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas

Outubro Rosa

O Movimento Outubro Rosa teve início nos Estados Unidos, na década de 90. No Brasil, desde 2002, tem sido realizado a cada ano, enfatizando, ainda, o câncer de colo de útero, que atualmente é o tipo com maior incidência nas regiões Norte e Nordeste do país. No Amazonas, o câncer do colo do útero também está à frente do câncer de mama em incidência. O primeiro é causado pela infecção persistente de alguns tipos do Papilomavírus Humano – HPV (chamados oncogênicos).

A infecção genital por esse vírus é muito frequente. Na maioria das vezes, não causa doença, entretanto, em alguns casos, ocorrem alterações celulares que evoluem para a patologia. Essas alterações das células são descobertas no exame Papanicolaou (preventivo) e são curáveis na quase totalidade dos casos.

Prevenção

De acordo com as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA) para 2016 e 2017, Manaus tem a previsão de 520 novos casos de câncer de colo de útero, com taxa de 53,73/100 mil mulheres e 380 novos casos de câncer de mama, com taxa de 39,34/100 mil mulheres. O controle destes cânceres ainda é um desafio para o município. É por isso que as atividades de sensibilização e ações de prevenção estão sendo cada vez mais intensificadas, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS).

O MS orienta a idade de rastreio para a coleta de preventivo de 25 a 64 anos, com periodicidade do exame a cada três anos após dois resultados negativos; a idade de rastreio para a mamografia 50 a 69 anos, com realização do exame a cada dois anos e do exame clínico das mamas anual; e a disponibilização da vacina HPV Quadrivalente para meninas de 9 a 14 anos, meninos de 11 a 14 anos e homens e mulheres de 9 a 26 anos vivendo com HIV/AIDS, transplantados de órgãos sólidos e medula óssea e pacientes oncológicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *