De acordo com Palocci, Lula roubava até o próprio “Lula”

Parece mentira mas é verdade. Lula parece obcecado pelo roubo. Na ausência de uma estatal para desviar recursos, o ex-presidente roubava o próprio Instituto que fundou com recursos roubados do povo brasileiro.

Num dos anexos obtidos pela Veja, o ex-ministro Antonio Palocci disse que o Instituto Lula tinha uma contabilidade paralela operada por Paulo Okamotto. Para abastecer o caixa clandestino, Okamotto arrecadava dinheiro em espécie das empresas.

A assessora de Lula, Clara Ant, sobre quem o petista fez até uma piadinha referente a estupro coletivo (da qual Dilma riu no telefone), tem todos os registros dessas operações guardados em um HD, segundo Palocci.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *