Record estuda demissão de Fabíola Gadelha

A amazonense Fabíola Gadelha que foi contratada pela Record por causa da proximidade que ela tinha com Marcelo Rezende, e devido ao grande carinho que o apresentador tinha por ela, está ameaçada na emissora.

Seu futuro no canal, após a morte de Rezende, agora é incerto, e na Record, sua permanência no programa “Cidade Alerta”, no qual ela é repórter e chegava a assumir a apresentação durante as folgas do titular, não está garantida. Ela era da Record-Manaus e passou a morar em São Paulo.

Corre nos corredores da emissora a fama de chata e arrogante de Fabíola, que passou a se achar demais após a sua ida para o “Cidade Alerta”, por ser “apadrinhada” por Marcelo Rezende, assim como Luiz Bacci.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *